No último dia 08 de outubro, a Caixa Econômica Federal, anunciou a redução dos juros para financiamento com recursos do SBPE (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimos) a taxa passou de 8,5% para 7,5% + TR (Taxa Referencial) que no momento se encontra zerada.

Essa declaração da redução de taxas foi uma resposta à decisão dos dois maiores bancos privados do Brasil, Bradesco e Itaú, que também reduziram as suas taxas de juros para o financiamento imobiliário. O Banco Itaú colocou a sua taxa de juros do crédito imobiliário a partir de 7,45% ano + TR fazendo assim com que o Banco Bradesco respondesse reduzindo sua taxa para a partir de 7,3% ao ano + TR. Já a Caixa Econômica deu sua resposta reduzindo também a as linhas do SFH (Sistema Financeiro de Habitação) e SFI (Sistema Financeiro Imobiliário), e colocou também a taxa máxima dos juros de crédito imobiliário a 9,5% + TR.

O Sistema Financeiro de habitação, o SFH, é para imóveis de até R$ 1,5 milhões sendo permitido o uso do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), já o Sistema Financeiro Imobiliário, o SFI, é para os imóveis acima de R$ 1,5 milhões, onde não tem viabilidade do uso do FGTS.

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, declarou que continuará com o processo de reduções de taxas do financiamento habitacional, após o BC (Banco Central) ter reduzido a Selic (Sistema Especial de Liquidação e de Custódia) taxa básica de juros, e explicou que primeiro realizaram uma redução implícita na nova linha de IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) e que agora está fazendo uma redução explícita e seguindo a redução da Selic feita pelo BC.

É a segunda redução de juros que a Caixa está fazendo esse ano, a primeira foi realizada em junho com redução de até 1,25 pontos percentuais, e que passou a ser a mesma tanto para o SFH e o SFI.

Av. Almirante Barroso, nº 22, Sala 806 - Centro - Rio de Janeiro, RJ - CEP: 20031-000
Tel.: (21) 3172-5161 / (21) 3579-3883 / (21) 99651-8040