Tem medo de comprar imóvel em leilão? Veja estas 5 dicas e aproveite as vantagens desse investimento

Se você é daqueles que pensa que comprar imóveis em leilão é muito complicado e oferece muitos riscos, leia estas cinco dicas que selecionamos para afastar de vez os seus fantasmas e comece a aproveitar as vantagens desse investimento.

Dica 1 – Consulte a lista com todas as informações dos imóveis

A relação com os imóveis em leilão são amplamente anunciados pelos leiloeiros e pelas assessorias especializadas em sites, jornais, mala direta e em outros meios.

Não existe lance no escuro, ou seja, todas as informações sobre o imóvel precisam ser disponibilizadas, tais como: localização, valor mínimo da venda, conservação, possíveis pendências (impostos e taxas).

 

Dica 2 – Leia com atenção o Edital

Toda oferta de leilão deve ser feita através de um edital. Além das informações sobre as condições do imóvel, é importante verificar também a sua situação, ou seja, se o imóvel se encontra ou não ocupado, pois, a desocupação é de responsabilidade do comprador.

Os imóveis devem estar regularizados e as eventuais contas de condomínio e IPTU em atraso pagas pelo vendedor (por exemplo, a Caixa, quando essa for a ofertante), exceto em casos de imóveis ofertados em leilão judicial.

 

Dica 3 – Entenda como funciona a dinâmica do Leilão.

De acordo com a lei de garantia de alienação fiduciária, os imóveis da Caixa que foram retomados por falta de pagamento são ofertados em dois leilões: o primeiro ocorre trinta dias após a sua devolução, não havendo lance, é realizado um segundo, quinze dias após o primeiro.

Não havendo lance, os imóveis são ofertados para venda online e venda direta online. Para participar em um dessas duas modalidades é preciso fazer um cadastro no sistema.

  • Importante: Nos dois casos a venda pode ser intermediada por um corretor credenciado e a comissão do profissional é paga pela Caixa.

Nas outras modalidades, leilões extrajudiciais e judiciais, o processo de venda é realizado por um leiloeiro público, podendo ocorrer online ou presencial.

 

Dica 4 – Conte com uma Assessoria Jurídica

O processo de leilão deve ser transparente, mas algumas situações exigem um olhar mais cuidadoso e uma análise mais criteriosa das condições ofertadas, considerando a necessidade de cada interessado.

Nesses casos, é muito importante contar com uma boa assessoria que garantirá mais segurança ao negócio.

A questão da desocupação, por exemplo, vai demandar o serviço de um advogado, que, após regularizar o registro do imóvel no nome do novo proprietário, deverá solicitar a desocupação em um juízo competente.

 

Dica 5 – Verifique as possibilidades de Financiamento

Além de contar com ofertas com descontos que podem chegar a 50%  do valor de mercado, o comprador pode adquirir o imóvel por financiamento, independente da modalidade de aquisição, e usar o FGTS como forma de pagamento (respeitando-se as condições legais vigentes).

Com essas dicas básicas, tenho certeza que você  agora vai querer conhecer mais sobre as oportunidades de investimento em leilão de imóveis.

Acompanhe nossos posts sobre o assunto no site  https://www.marcelomouraleiloes.com.br/

Forte abraço!

Moura Assessoria Imobiliária.

Av. Almirante Barroso, nº 22, Sala 806 - Centro - Rio de Janeiro, RJ - CEP: 20031-000
Tel.: (21) 3172-5161 / (21) 3579-3883 / (21) 99651-8040